25 de ago de 2013

Os benefícios de cada chá.

Posted at  09:29  |  in  Saúde

O uso de plantas com propriedades terapêuticas é uma prática milenar, atestada em vários tratados de fitoterapia das grandes civilizações há muito desaparecidas. Beber pelo menos uma xícara de chá por dia pode reduzir em 44% o risco de um ataque cardíaco. A conclusão é de uma pesquisa realizada pelo King`s College, de Londres. Segundo os pesquisadores, os benefícios vêm de poderosas substâncias encontradas nas ervas chamadas flavonóides, que têm propriedades antioxidantes, auxiliando no combate às doenças cardiovasculares.

No entanto, os chás não devem ser tomados somente quando estivermos doentes. Ele também pode e deve ser tomado como preventivo, fortalecendo o organismo contra doenças, aliviando o sistema digestivo e as demais funções. Mas, atenção: as dicas aqui contidas são coadjuvantes nos tratamentos de doenças, jamais devem substituir cuidados médicos apropriados, diagnóstico ou prescrição.

Veja os benefícios de cada tipo de erva:

Boldo: estimulante da digestão, secreção biliar, distúrbios intestinais e hepáticos. Auxilia na cura de ressaca. O chá combate a prisão de ventre, gases e transtorno do fígado, além de ser  indicado em intoxicações alcoólicas.

Camomila: alivia gases, desintoxica o fígado, auxilia no tratamento de reumatismo e da excitação nervosa, alivia enxaqueca, dores de dente, insônia, enjôos e é tônico para pele. Usado para cólicas em lactentes, regula o intestino. É também anti-inflamatório e calmante, utilizado em crises histéricas, depressivas e febres. Externamente utilizado para queimaduras do sol e irritação nos olhos.

Cidreira (Capim Limão): garante boa noite de sono, alivia dores de cabeça e gases, melhora a  digestão, cólicas menstruais e intestinais, distúrbios renais, conjuntivites, tosse, espasmos, febres, diarréias, reumatismos, afecções do estômago, nervos e palpitações do coração. É sedativa, analgésica, calmante, diurética, depurativa e expectorante.

Carqueja: indicada para má digestão, cansaço físico, vermes intestinais, prisão de ventre, gastrite, azia, anemia, fígado, rins, diabetes, inflamações urinárias, próstata, colesterol, gota, gastrite, afecções do baço e angina. Auxilia no processo de desintoxicação e emagrecimento. É revigorante das funções genitais, diurético, antiasmática, antibiótica e depurativa.

Erva Doce: calmante, elimina mau hálito, toxinas da pele, gases intestinais, cólicas intestinais de criança e do ventre. Estimula o apetite, digestão, secreção biliar, restaura fluxo menstrual e aumenta o leite das lactantes. Bom contra azia, também utilizada na culinária como aromatizante.

Hortelã: indicada para o tratamento da febre, vermes, espasmos, gases, sistema nervoso, inflamações uterinas, resfriado, faringite, tosse, afecções da garganta, coceiras, sarampo, inchaços, dor-de-cabeça, rinite, conjuntivite, cólicas, diarréia, problemas estomacais, intestinais e respiratórios. O chá é lactante, estimulante digestivo, antisséptico, descongestionante nasal, anestésico e analgésico.

Chá Preto: alivia os sintomas de depressão e dor de cabeça. É tônico, energético, estimulante dos nervos, músculos e cérebro e auxilia no tratamento de obesidade. Chá Preto com canela: mistura energética e estimulante.

Canela: indicada contra ulcerações da gengiva, mucosa da boca, dores estomacais, diarréia, calafrios, tosses, amenorréia, pressão baixa, respiração ofegante, espasmos e reumatismos. É estimulante digestivo, antisséptica e adstringente.

Porangaba: altamente diurética, não laxativa, elimina o excesso de gordura e edemas. Tem ação tônica sobre a circulação e auxilia no emagrecimento. Auxilia no combate da fadiga, asma, bronquite, diarréias agudas, cólicas intestinais e inflamações renais. Ajuda a diminuir a barriga, estômago alto, pernas inchadas, gorduras localizadas, produzindo bem-estar sem agredir o organismo.

Erva-Mate: contém alcalóides (cafeína, metilxantina, teofilina e teobromina), taninos (ácidos fólico e cafeico), vitaminas (A, B1, B2, C e E), sais minerais (alumínio, cálcio, fósforo, ferro, magnésio, manganês e potássio), proteínas (aminoácidos essenciais), glicídios (frutose, glucose, rafinose e sacarose), lipídios (óleos essenciais e substâncias ceráceas), além de celulose, dextrina, sacarina e gomas. Por isso a erva-mate é considerada “um alimento quase completo, pois contém a maioria dos nutrientes necessários ao organismo. O seu consumo está ligado ao poder de estimular a atividade física e mental, atuando beneficamente sobre os nervos e músculos, combatendo a fadiga, a sede e a fome, sem deixar efeitos colaterais como insônia e irritabilidade. A erva também atua sobre a circulação, acelerando o ritmo cardíaco e harmoniza o funcionamento bulbo-medular. Age sobre o tubo digestivo, facilitando a digestão.
É considerada ainda um ótimo remédio para pele e reguladora das funções do coração e da respiração, além de exercer importante papel na regeneração celular.

fontes: Site Médico, Danielly Mesquita Figueiredo, especialista  em Nutrição Humana e Saúde e  nutricionista Ana Paula Souza.

Compartilhe esse post!

0 comentários:

--
Copyright © 2013 Dica Diva. Template by World Girl Design
Plataforma Blogger.
back to top
Dica Diva © Copyright 2013. Template personalizado por: World Girl Design.